Causas de extinção da punibilidade – decadência

Você está visualizando atualmente Causas de extinção da punibilidade – decadência

CONCEITO

É a perda do direito de promover a ação penal exclusivamente privada e a ação penal privada subsidiária da pública e do direito de manifestação a vontade de que o ofensor seja processado, por meio da ação penal pública condicionada à representação, em face da inércia do ofendido ou de seu representante legal, durante determinado tempo fixado por lei.

EFEITO

A decadência, embora esteja listada como causa de extinção da punibilidade, na verdade extingue é o direito de dar início à persecução penal em juízo.

PRAZO DECADENCIAL

O direito de queixa ou de representação decai (daí o nome “decadência”) no período de 6 (seis) meses a contar do dia da ciência da autoria.

  • CP, art. 103
  • CPP, art. 38

No caso de ação penal privada subsidiária da pública, os 6 meses começam a contar a partir do dia em que se esgota o prazo para o oferecimento da denúncia.

TITULARIDADE DO DIREITO DE QUEIXA OU DE REPRESENTAÇÃO

Depende do caso:

i) ofendido incapaz: pertence ao seu representante legal;

ii) ofendido capaz: somente ele pode exercer o direito de queixa ou de representação

REFERÊNCIAS

CAPEZ, Fernando. Curso de direito penal, volume 1, parte geral: 24ª ed. – São Paulo: Saraiva Educação, 2020 – versão digital.


Link deste post no meu site:


▶️ Confira meu curso sobre Ciências Criminais.

🌎 Acesse o meu site e fique por dentro do mundo do Direito.

🔗 Siga o meu perfil no Instagram, interaja comigo e veja as notícias mais recentes sobre o Direito.

👨🏼‍🏫 Veja os cursos que leciono.

⬇️ Entre no nosso grupo no WhatsApp.

📧 Assine minha newsletter para receber conteúdo jurídico atualizado diretamente no seu e-mail.

📒 Veja os livros que recomendo.

💭 Sugira um assunto para ser abordado em texto, vídeo ou podcast.

Acesse a Comunidade Penal, um curso por assinatura no qual você terá acesso a um vasto conteúdo abrangendo as Ciências Penais, com aulas teóricas sobre Direito Penal e Processo Penal. Abrange também aulas de Prática Forense Penal, disciplina essa às vezes esquecida pela maioria das faculdades de Direito do Brasil.


Lucas Cotta de Ramos

👨🏻‍💼 Advogado, professor e autor de artigos jurídicos.