Fui preso. É melhor confessar ou ficar em silêncio?

You are currently viewing Fui preso. É melhor confessar ou ficar em silêncio?

Muitas pessoas têm dúvidas sobre qual a melhor estratégia a ser adotada em caso de eventual prisão em suposto flagrante. Se sou inocente, é melhor relatar os fatos ou ficar em silêncio? Se sou culpado, devo mentir ou ficar em silêncio? Muitos advogados também têm dúvidas sobre como orientar os seus clientes nesses casos.

Poucos sabem que uma palavra “mal dita” na Delegacia pode significar consequências irreversíveis posteriormente, durante o processo.

Entenda melhor essa questão e a “brecha” contida no art. 155 do Código de Processo Penal.


Link deste post no meu site:


🌎 Acesse o meu site.

🔗 Siga o meu perfil no Instagram e curta minha página no Facebook para receber conteúdos jurídicos atualizados diretamente no seu feed. Siga-me também no Jusbrasil.

👨🏼‍🏫 Veja os cursos que leciono.

⬇️ Entre na lista de transmissão.

📧 Assine nossa newsletter para receber o conteúdo por e-mail.

📒 Veja os livros que recomendo.

💭 Sugira um assunto para abordarmos em texto, vídeo ou podcast.


Lucas Cotta de Ramos

👨🏻‍💼 Advogado, professor e autor de artigos jurídicos.