Procedimentos e documentos para cadastro de visitantes – presídio de Caratinga (MG)

  • Post last modified:26/05/2021
  • Post category:Clientes
Procedimentos e documentos para cadastro de visitantes – presídio de Caratinga (MG)

Informações atualizadas no dia 21/05/2021

Os procedimentos e documentos necessários para realizar cadastro para visita social a presos no presídio de Caratinga (MG), atualmente, são os seguintes:

Quem pode realizar o cadastro

  • Pais do preso;
  • Filhos do preso;
  • Cônjuge e companheiro(a) (com união estável reconhecida) do preso;
  • Tios, primos, avós e demais parentes do preso (deverão comprovar parentesco);

Documentos necessários

  • Documento de identificação oficial com foto (carteira de identidade, carteira de motorista ou passaporte, não servindo carteira de trabalho);
  • 1 (uma) foto 3×4;
  • Original e cópia do comprovante de residência (conta de água, luz ou telefone fixo) recente (até 3 meses) em nome do visitante ou parente comprovando grau de parentesco;
  • Certidão criminal recente original da Polícia Civil do Estado onde foi emitido documento de identificação oficial apresentado (esse documento pode ser obtido pelo advogado, que necessitará dos documentos pessoais de quem deseja visitar para que consiga emitir a certidão);
  • Certidão criminal recente original da Polícia Federal, em caso de estrangeiro (esse documento pode ser obtido pelo advogado, que necessitará dos documentos pessoais de quem deseja visitar para que consiga emitir a certidão);
  • Se o cadastrante tiver registro policial, deverá apresentar um documento que comprove a real situação judicial (o advogado poderá orientar, mas deverá ser informado sobre a existência desse registro por parte de quem deseja o cadastro);
  • Para cadastro de cônjuge ou companheiro(a), original e cópia de certidão de casamento ou original e cópia de escritura pública de união estável lavrada em cartório;
  • Para os menores de 18 (dezoito) anos, original e cópia da certidão de nascimento ou carteira de identidade do menor, bem como, em relação ao responsável pelo menor, cópia da carteirinha do Núcleo de Assistência às Famílias – NAF , original e cópia de documento com foto, comprovante de residência e, ainda, termo de guarda ou autorização judicial, se for o caso;
  • Para os filhos menores ou inimputáveis (interditados) do preso, nos casos de tutela ou curatela, original e cópia da certidão de guarda. Não sendo responsável legal, só entrará na unidade prisional mediante autorização do Juiz da Infância e Juventude;
  • Todos os parentes deverão comprovar parentesco apresentando documentos que permitam constatar isso (originais e cópias de certidões de nascimento do cadastrante, bem como de seus parentes em comum com o preso, até ser possível comparar os nomes de uns com os dos outros e se concluir pela existência do parentesco, valendo lembrar que, na dúvida, é melhor trazer documentos em excesso do que em falta);
  • Visitante gestante deverá apresentar original e cópia de exame de sangue Beta HCG e cartão de gestante assinado e carimbado pelo médico ou enfermeiro;
  • A unidade prisional poderá, sempre, a seu critério ou a critério do Juiz e sem prévia comunicação, exigir outros documentos ou alterar os procedimentos;
  • Não serão aceitos documentos com rasura, abertos, danificados ou replastificados.

Horário de cadastro e de visitas

  • O horário de cadastros é em dias úteis, de segunda a sexta-feira, entre 08h e 12h, no presídio de Caratinga (MG). Procurar a Sra. Elenir;
  • O horário de visitas presenciais é aos sábados e domingos, devendo ser previamente agendado no presídio;
  • O horário de visitas virtuais (por videoconferência/telefone) é variável a depender da disponibilidade de assistentes sociais no presídio, devendo sempre ser agendado. Será necessário instalar aplicativo no celular ou acessar link específico para realizar a visita. O presídio orientará sobre tal e, até então, o aplicativo é o Cisco Webex Meetings, disponível para Android e iOS (Apple);
  • Quem desejar fazer a visita virtual deve realizar antes o cadastro como se fosse fazer a visita presencial;
  • Atualmente, em se tratando de parentes, não há limite para número de pessoas que podem se cadastrar;
  • ATENÇÃO: o cadastro somente pode ser solicitado depois que o preso chegar à unidade prisional, de modo que se o preso eventualmente estiver em outra unidade, o cadastrante deverá aguardar sua chegada para solicitar o cadastro.

Cadastro de amigos(as) e namorados(as)

  • As pessoas que sejam meramente amigos(as) ou namorados(as) dos presos, por enquanto, não poderão realizar visitação, mas poderão fazer o cadastro para enviar pertences aos presos;

Envio de pertences

  • O envio de pertences (alimentos etc.) deverá ser feito via SEDEX destinado ao preso (nome completo), para o seguinte endereço: Presídio de Caratinga (MG), na Estrada de Santa Luzia, km 6 com km 518, BR 116, Córrego dos Bias, zona rural, Caratinga (MG), CEP nº 35.300-000;
  • Os pertences permitidos estão listados na cartilha disponível ao final deste texto.

Procedimentos e orientações especiais em razão da pandemia de COVID/19

  • Atualmente, só é possível a visita presencial de pessoas com até 60 (sessenta) anos, de modo que os que tenham 61 (sessenta e um) anos ou mais poderão realizar apenas visitas virtuais;
  • Atualmente, só é possível até 1 (uma) visita presencial por mês, no total, de modo que se houver mais de um parente querendo visitar, deverão revezar entre si;
  • Após a feitura do cadastro, será emitida a carteirinha de visitação, que terá validade de 365 (trezentos e sessenta e cinco dias), devendo ser renovada 30 (trinta) dias antes do vencimento;
  • Para emitir a 2ª via da carteirinha, será necessária toda a documentação para o cadastro normal ou boletim de ocorrência citando a perda, furto ou roubo da carteirinha.

Contato do presídio

Os números do presídio de Caratinga (MG) são (31) 2129-8115 ou (33) 98454 3145, valendo salientar que nem sempre atendem prontamente (em razão do acúmulo de ligações e de uma só pessoa para atendê-las) e, também, que às vezes a ligação não completa por motivos de falha na linha, chuva etc.


Acesse a cartilha disponibilizada pelo Núcleo de Assistência à Família do Preso, onde podem ser conferidas mais informações, inclusive os itens permitidos para envio/entrega aos presos, valendo salientar que cartas escritas e direcionadas aos presos devem ser enviadas via SEDEX e serão abertas e conferidas, inclusive no seu teor, pela unidade prisional, não sendo aconselhável que os remetentes escrevam informações sobre processos, investigações para os presos, deixando isso a cargo do advogado, e, ainda, por óbvio, os remetentes responderão criminal e civilmente por quaisquer ilícitos escritos aos presos (não pode sugerir fuga, motim etc.).

ATENÇÃO: o presente post tem caráter meramente informativo, de modo que, em caso de qualquer divergência entre as informações aqui constantes e aquelas apresentadas pela unidade prisional, prevalecerão essas últimas, absolutamente.


  • Acesse o meu site. Siga o meu perfil no Instagram e curta minha página no Facebook para receber conteúdos jurídicos atualizados diretamente no seu feed. Siga-me também no Jusbrasil.

    Lucas Cotta de Ramos

    👨🏻‍💼 Advogado, professor e autor de vários artigos e textos jurídicos